História do Albion: Os mortos-vivos

História do Albion: Os mortos-vivos

A fase Beta de testes está próxima e os desenvolvedores estão trabalhando a todo vapor. Mas não é só o game que está sendo polido, a história por trás do mundo de Albion também está sendo contada. Hoje conheceremos um pouco mais sobre os morto-vivos! Confira o artigo traduzido:

 

Houve um tempo em que uma enorme e devastadora guerra assolou as terras de Albion. Poderes mágicos além da imaginação humana eram usados pelos dois lados. Quando as forças desencadearam uma ameaça que poderia destruir toda Albion, aconteceu um ritual.
 
Esse ritual acabou banindo as ameaças tenebrosas e a guerra cessou. Porém, a que preço?
 

38be954c1cfaf25d8f05d3497a1a4cd3a69fd9c5

 
Milhares de bravos guerreiros lutaram em incontáveis batalhas na guerra, mas a alma deles não foi levada — o ritual as fragmentara e os resíduos não ficaram totalmente nos cadáveres que outrora habitaram, nem fora deles.
 
Estranhos gritos corriam pelos ventos e os antigos ossos se moveram, rangendo dentro da armadura enferrujada, enquanto sombras ainda mais trevosas se lançavam, movidas por uma avidez insaciável.
 
Os mortos-vivos continuam como uma lembrança desconfortável do passado de Albion. É possível evitá-los, mas são muito perigosos para ignorar — e terríveis demais para esquecer.
 

97ac4bc9d088da61d57d0edb2924a6b5b805a94e

 

Esqueletos

 
Um numeroso grupo dos abatidos durante a guerra. Acredita-se que eles ainda estão lutando na guerra e batalham entre si incessante e inutilmente, enquanto outros vagam sem destino. Os mais patéticos não se movem até que algo com sangue nas veias chegue perto demais. A maioria dos esqueletos é movida pelo ódio a tudo que vive e atacará as criaturas assim que as vir. No entanto, há raras histórias sobre mortos-vivos que retêm alguma lembrança do que eram no passado.
 

Sombras

 
São manchas vivas de escuridão, encontradas com frequência nas catacumbas onde ficam os esqueletos. Só alimentam um único interesse: a vida. Quando a veem, roubam-na para si. Bebem-na até consumir toda a alma. Elas se agrupam em torno de mortos-vivos poderosos e, em grande quantidade, seu movimento se torna excitável — hipnótico, até.
 

20497b44f35910977e29d4efcf5c70f203b0ca67

 

Os ceifeiros

 
Alguns foram pegos no meio do ritual, quando o poder estava à solta. O corpo deles ficou exposto a poderes macabros; a mente foi torturada e a alma transformada. Eles se transformaram em ceifeiros, um portal ambulante para o plano dos mortos. Os ceifeiros são incrivelmente perigosos, não somente por causa de seu poder, mas também pela qualidade magnética que têm pelos mortos-vivos inferiores. Um toque deles pode ser fatal e expor-se à sua presença por tempo demais pode causar envelhecimento precoce, infertilidade ou trazer tanta miséria que as vítimas, dizem, sentam-se num lugar e recusam-se a levantar novamente. Por sorte, eles tendem a ficar nas profundezas mais abissais de Albion.
 
Conte-nos de seus terríveis encontros com os mortos-vivos nos nossos fóruns.

Autor: Marcola

O grande guardião da zueira.

Compartilhar a publicação