Como enriquecer em Albion!

Como enriquecer em Albion!

imagem5

Conforme já falamos outras vezes, este é um jogo fantástico que permite muitas possibilidades. Suas ações podem e devem focar com o estilo de jogo que você curte seja ele PVP, PVE, Suporte, Market, gerir fazendas, tem de tudo. O que é super divertido para um pode ser extremamente chato para o outro e vice-versa. É importante respeitar o que cada um gosta e Albion respeita te dando as oportunidades. O texto de hoje é voltado para quem quer enriquecer rápido, seja para se tornar um dos expoentes do jogo neste quesito, seja para ser o “master of coin” de sua guilda, garantindo a entrada de dinheiro tão necessário para upar construções ou adquirir material que não se tem como produzir ainda. Não importa os motivos, mas se quer ser um novo-rico em Albion, nós sabemos como, e compartilhamos com você!

Existe diversas maneiras de fazer dinheiro no jogo, fazer PVE é uma delas, no entanto PVE de baixo nível dá poucas moedas, para ganhar bem você precisa ter um grupo avançado e fazer dungeons mais “pegadas”. O que propomos aqui é enriquecer de imediato, sem precisar upar qualquer skill, sem precisar ter qualquer equipamento especial, você não vai craftar, não vai farmar e nem lutar contra ninguém. Vai apenas comprar e vender! Um boi é tudo que precisará ter inicialmente. O plano é simples mas fadado ao fracasso se você não souber como proceder adequadamente, e a gente te ajuda com isto.

Primeiro é preciso conhecer um pouco de Albion, sem este conhecimento você joga tempo e dinheiro fora. O mundo de Albion se divide em dois continentes, o procedimento que vamos fazer funciona bem em qualquer um dos dois lados, mas para efeito de exemplo vamos mostrar no continente velho, lá pelas bandas de Kingsmarket, Queensmarket e outras cidades próximas.
Nós vamos comprar no leilão e vender também no leilão, vamos comprar a preços baixos e vender a preços mais altos. Não vamos trabalhar com todo tipo de item mas apenas com recursos básicos como pedra, madeira e couro. Isto porque são os materiais que nos dão maior lucratividade, já que podemos comprar e vender aos milhares e não nas unidades individuais.
A primeira coisa que precisa saber é que nem toda cidade tem leilão, mas isso provavelmente você já sabe, afinal tem várias cidades que você já passou e que não tem comércio. Há dez cidades com leilão em cada continente, no entanto nem todas se prestam para isto. Veja a imagem abaixo:

Imagem1

As cidades em vermelho são as de Full PVP, as Amarelas são as de PVP parcial, logo elas são mais perigosas para ficar passeando com um boi lotado de material. As cidades em verde são as de boas, ninguém vai te atacar nelas. As cidades em azul são as que tem leilão. No entanto veja que temos umas cidades em marrom, elas são as cidades onde as pessoas nascem. As cidades que tem leilão e são vizinhas a estas cidades de nascimento não são nada legais para fazer negócios, isto porque todo mundo é muito low level, estes leilões tem pouca coisa, pouca procura e porca oferta, usn preços absurdamente caros que praticamente não vende, salvo um ou outro incauto. Então fuja delas para negócios. Cidades como Heathenburgh tem leilão mas ficam no meio de cidades PVP, então é complicado e eu não indico a não ser para quem gosta de curtir um risco. Além disso, ali é um bom local para comprar e vender itens de combate, mas não de recursos básicos como nós iremos fazer. Outro detalhe é escolher cidades próximas para valer a pena. O melhor é escolher duas ou três cidades no máximo, não adianta comprar barato em uma cidade e ter de levar de boi atravessando 15 cidades, primeiro que você não vai ter paciência para fazer isto por muito tempo e depois porque vai levar tanto tempo que quando chegar lá, os preços podem não estar mais o que você pesquisou.

Pesquisando preços
Para pesquisar os preços primeiro precisamos decidir quais os materiais vamos focar, você pode abranger todas as matérias-primas ou buscar focar nas que julgar mais importante, o que vai te dar mais agilidade nas negociações. Organização é tudo neste momento, então vamos planilhar nosso trabalho para manter um histórico adequado. Na imagem abaixo um exemplo de como pode colocar os dados por cidade. Inicialmente eu fiz assim:

imagem2

Para pesquisar os preços em um primeiro momento eu deixava meu char sem nada de equipamentos ou roupas, e pagava a viagem pelo transporte mágico do tiozinho da carroça. Quanto mais leve você estiver, mais barato vai ser a viagem, então ela é util apenas para ir nas cidades pesquisar o preço. De Queensmarket a New Heraldright gastei apenas 20 pratas. Procure avaliar a distância entre as cidades antes de “saltar”, assim vai sempre para a mais próxima e gasta menos. Por conta destes pulos é que descobri que algumas cidades realmente não compensa. Desta forma reduzi para apenas três que sejam próximas, e que tenham bastante gente normalmente, quanto mais gente, mais negócios e mais oportunidades.
Como era apenas três cidades que eu iria manter, decidi passar a pesquisa para uma maneira alternativa e mais barata: criar dois outros personagens. Quando você cria um personagem ele “surge” em algum lugar aleatório, mas se ele surgiu no continente errado, ou distante demais, basta deletar este char recém criado e criar novamente. Nascendo a algumas cidades de distância dá para ir a pé. Meu segundo char nasceu ali em Easterly Cross, então mandei ele até Queensmarket, onde já tinha o meu char original, mas poderia ir com ele até New Heraldright de boa (e com paciência). O terceiro char criei e mandei para Kingsmarket. Importante salientar um detalhe antes que você tenha ideias estranhas: estes outros char não são premium, logo não podem comprar ilha para que seu personagem principal vá plantar lá, além disso eles só tem 100 learning points e não vão ganhando mais com o passar do tempo como acontece com seu char principal, isto significa que eles não servem para muita coisa, mas são perfeitos para ficar plantados nas cidades que você quer consultar preços, então quando quiser é só logar neles e ver como está o mercado nas cidades deles.

Acompanhando os preços
Uma coisa muito interessante que descobri é que os preços variam muito mesmo dentro da mesma cidade. Você pode ganhar bastante dinheiro comprando e vendendo no mesmo local. Olha só este acompanhamento de preços que fiz em Queensmarket:

imagem3

Como pode ver os preços variam subindo e descendo ao logo do mesmo dia e ao longo do mês. Na mesma cidade tinha Pedra III a 50 pratas e no outro dia estava a 128 pratas. Claro que depois caiu novamente. Desta forma você tem é que saber o que é preço bom, e quando ele estiver bom, compre e deixe no seu estoque, no bau da cidade, e quando o preço estiver alto, venda. Para saber se o preço está barato ou caro uma planilha que nem a de cima é vital. Olhando para ela neste momento e se eu achar no mercado Couro IV abaixo de 199 eu compro, e depois se estiverem pagando acima de 250 eu vendo. Outros casos mostraram que merecem um cuidado especial, veja a pedra V ali que comecei a registrar no quinto dia, ela vem caindo o preço todo dia, então mesmo aparecendo com preço menor do que eu tenho, é arriscado comprar. Isto se deve ao fato de que no começo pouca gente conseguia coletar os itens V, quanto mais gente coleta, mais o preço cai. Então é melhor esperar que o mercado estabilize para este item.
Outro ponto interessante é que as vezes um produto bruto é mais caro do que ele refinado, isto porque o produto bruto tem uma procura para pessoas que querem crafta-lo e ganhar a fama deste craft para poder upar, e o produto refinado não tem essa utilidade claro.
Claro que enquanto você espera o mercado mudar seus preços pode ir coletando material para vender sem ter custo de compra, isso ajuda, e se você pensa que material low level não vale a pena está redondamente enganado, O preço do couro III bruto está neste momento 20 pratas (lobos) e TII (raposas) está 49. É muito mais fácil e menos perigoso para quem é iniciante ficar tirando couro de raposas e muitas vezes nem precisa matar que elas já estão ali sendo desprezadas pela galera que depois vai lá pagar caro pelas peles dela, porque eles precisam dessa pele para upar as peles TIII, que são necessárias para upar TIV e assim por diante, logo as TII são as mais procuradas e seu preço sobe.

Dependendo do seu nível de excel ou outras planilhas pode criar uma como a que fiz, onde basta você inserir os valores pesquisados e ele automaticamente te diz qual comprar, em que cidade vender e quais as quantidades que você tem em estoque.

imagem4

Contabilizando o lucro
No primeiro momento você terá de ir mais devagar já que não tem muito dinheiro para comprar os itens baratos, mas rapidamente você vai comprando e vendendo as peles II e gerando uma base para investir. Se tiver um “padrinho” para te emprestar um dinheiro inicial será mais fácil de começar e você poderá devolver rapidamente este dinheiro. Sem grandes esforços e com poucas horas de jogo por dia você vai levantar 75000 por dia. Cerca de Hum milhão a cada 15 dias. o que não é nada pouco para uma única pessoa em estágio avançado, que dirá para quem está começando.
Pode ser chato para alguns pois tem gente que está no jogo para matar o mundo inteiro se possível, mas para quem curte um jogo mais estratégico e de raciocínio é bem interessante. Outra possibilidade é iniciar focado nisto até ter seu primeiro milhão, depois terá dinheiro suficiente para tocar outras possibilidades no jogo.
Normalmente as guildas tem diversas maneiras de levantar dinheiro, porém esta também pode ser utilizada pois permite que os jogadores novatos possam colaborar de maneira substancia com sua guilda mesmo estando ainda com os equipamentos low level, basta ter paciência e organização e você pode se tornar o mais novo rico no jogo.
Curtiu? Comente

Autor: Silvio Teixeira

Compartilhar a publicação