A Gazeta de Albion – 2ª Edição

A Gazeta de Albion – 2ª Edição

Hoje saiu mais uma edição da Gazeta de Albion, nessa edição traduzida por nossa equipe, confira sobre o conflito Zorn contra Banished, o final da aliança Common-Wealth e muito mais.

 

Disputa por poder: “Zorn pressiona Banished.”

A batalha continua

O Beta Fechado tem sido uma experiência agitada para a maioria da guildas, mas uma das organizações que estão deixando sua marca certamente é a Zorn. Fontes do continente oriental confirmaram que as conquistas da Zorn contra a Banished pelas zonas vermelhas, Growling Isles e Fetid Marsh, foi concluída com sucesso. Tendo a chance de sentar e conversar com o Mestre de Guerra da Zorn, Lugzi, uma cena ainda mais perceptível pode ser pintada do seu conflito com a Banished. “Durante as últimas duas semanas nós tivemos várias disputas por território contra a Banished. Pressionando e forçando-os várias vezes. Foi bem maluco. Eles possuíram Fetid Marsh três vezes, e nós recuperamos e estamos mantendo-a firmemente até agora. Nós até capturamos umas das suas principais regiões, Growling Isle”, disse Lugzi. Dado que a Banished sempre teve uma reputação de força a ser reconhecida, até mesmo Lugzi pareceu bastante impressionado com a conquista bem-sucedida de sua guilda.

1

Naturalmente, o povo de Albion percebeu a ascensão da guilda Alemã como advinda do rigoroso poder militar, no entanto, Lugzi afirmou que houve uma razão bem diferente para a conquista de território contra a Banished. “Tenho de admitir, nós ganhamos a guerra por uma via diplomática e não somente por poder militar. Com o tempo, eles simplesmente cansaram de lutar o dia todo em toda parte do campo de batalha em Tiderush. Nós tivemos muitas batalhas contra os principais times deles e podíamos fazer vários times consistentes para combatê-los”, diz Lugzi. Uma via bem peculiar para conquistar territórios em Albion, Lugzi pareceu bem confiante de que sua estratégia não poderia ter funcionado melhor. “Exaustar os inimigos é uma estratégia sólida em meus livros.”

Apesar de Zorn, como uma unidade, ter conquistado o posto de dominante nas regiões que cercam a cidade de Pillageport, eles falam com humildade sobre seu rival. “Quando aconteciam as lutas contra a Banished, nós não sentíamos nenhum tipo de hostilidade. Nós os vemos mais como competidores. Não houve nenhum tipo de comportamento tóxico ou drama com eles até agora, e nós gostamos disso.”


A aliança Common-Wealth já era!

O nascimento da aliança Salt Miners.

Como um esforço estabelecido em função de combater a Atlas Alliance, liderada pelo Eight Team, a aliança Common-Wealth tinha objetivos maiores planejados para o Beta Fechado. Infelizmente, de acordo com Flufferpope (afilidado da Welfare State), a aliança Common-Wealth inicialmente liderada por Welfare State e KDS rompeu-se. “A Welfare State deixou a aliança por que não estava satisfeita com a mentalidade de zerg.” Em busca de uma nova aliança, a Welfare State procurou a sua rival, a Eight Team. Coincidemente, Eight Team também estava insatisfeita com sua aliança. Ambas as guildas decidiram se unir em uma única aliança ao lado da Varsity Squad. O trio denominou sua nova colaboração como “Salt Miners”.

A Welfare State não poderia estar mais contente com sua nova coligação com a Eight Team e a Varsity Squad. É evidente que eles têm uma forte fé um no outro, já que significantes decisões diplomáticas foram feitas desde o estabelecimento da aliança. “Ao ver os méritos da Welfare State, a Varsity Squad decidiu fundir-se como uma só guilda”, disse Flufferpope. A decisão teve resultados muito positivos para o trio (agora, dupla). “Nós continuamos tendo sucesso engajando contra KDS e sua nova aliança “Only”, assim como a aliança da Scoia’Tael, “Atlas”, no mundo aberto.”

A “Salt Miners” também pôde garantir uma forte posição no mundo aberto por colocar uma enorme pressão nas guildas rivais da vizinhança. “Nosso controle ao redor da grande área de Boneharbour está ficando mais forte a cada minuto. Enquanto isso, nossa aliança vem consistentemente crescendo a pressão nas guildas em Tatterwash com nossas ofensivas de GvG”. Sutileza militar em sua melhor forma.


A guerra continua; Nilfgaard mais agressiva do que nunca!

A maior conquista em Albion (continuado)

2

Desde que os feriados terminaram, Nilfgaard ainda está na ofensiva e seu alvo não mudou. Parece que os russos não aceitarão um não como resposta. Eles querem tomar o controle da áreas de cidade da WarLegend de qualquer jeito e podem estar quase completando seu objetivo. No entanto, considerando que a WarLegend foi, há pouco tempo, capaz de pressionar a Nilfgaard completamente para fora de Carrion Copse, ninguém sabe com certeza onde essa batalha terminará. A imagem descreve a atual situação do caso.


Conflict em stand-by. “Traçando nosso próximo movimento.”

Xeque mate.

A Conflict já está acostumada ao controle de territórios, e eles provaram isso mais uma vez durante o Beta Fechado. Com seu talento em diplomacia e campanha militar, eles podem garantir uma forte posição no mapa global em uma excelente localização: Pikeford – uma região localizada diretamente ao lado das zonas pretas. Inicialmente, a Conflict não tinha acesso direto a Pikeford, mas com uma forte diplomacia eles puderam fazer um acordo com um de seus rivais. “Nós trocamos Ruffians Refuge Tor (um local de fazenda em área preta) por Pikeford Shaw (um local de cidade em área vermelha) com a WarLegend, que então nos permitiu batalhar contra a Oldschool Ownage por Pikeford Coombe”, disse Cpuuser123, a Mão Direita da Conflict.

Os fazendeiros de Heathenburgh não puderam ajudar além de questionar a sanidade da Conflict por desistir de um local de fazenda, especialmente um em zona preta. Afinal, sopa de cenoura é uma mercadoria em alta nesses dias!

“Depois de conquistar Pikeford Coombe da Oldschool Ownage, as coisas escorreram de lá, e antes que você pudesse perceber, nós conquistamos toda a zona”, confirmou Cpuuser123. Claramente uma decisão sã no final das contas.

Com tanto controle estratégico no mapa, Conflict está traçando seu próximo movimento. “Nós suspendemos nossa agressividade contra a Nilfgaard, e estamos esperando por uma decisão da WarLegend já que todos nós nos adaptamos à metas mutáveis.” Conflict está claramente jogando um jogo de xadrez com seus adversários. Nas próximas semanas eles podem colocar seus rivais em xeque.

Autor: Marcola

O grande guardião da zueira.

Compartilhar a publicação