Com que Set eu vou?

Com que Set eu vou?

Set

A escolha dos Set é livre em Albion

Uma das perguntas mais comuns entre o pessoal que está começando Albion Online, ou mesmo que já vem jogando, mas ainda não está dominando as artes místicas dos paranauês Albionistícos é acerca do set. Qual o melhor set para mago? Qual set que devo usar para ser um bom tank? Pensando nisto, a partir de hoje iniciamos uma série de textos com o objetivo de deixar você por dentro de como isto funciona, entender cada uma das partes do seu set, as vantagens e as desvantagens, para que você possa tomar sua própria decisão.

Parte destas perguntas ocorre devido a este povo estar acostumado com outros jogos, onde você precisa criar um char para “ser algo”, então você cria um mago, ou guerreiro, ou a classe que for, e então escolhe algumas especializações dentro dela. Em Albion isto é diferente: qualquer jogador, do que começou hoje para o que está no top one das estatísticas mundiais, sem suas roupas e armas, são idênticos, tem o mesmo poder. O que determina suas classes e especializações são as roupas (sets) usados, bem como as armas.

Outra diferença é que uma vez que você se tornou um tank poderoso dentro do jogo, e decidiu mudar de ideia, tudo bem, você não precisa perder nada, apenas guarde sua roupa e arma com todos os poderes de tank que desenvolveu e comece sua carreira de mago. Se em algum momento se arrepender e quiser voltar a ser tank, basta pegar sua roupa novamente e sair tankando.

É verdade que um tank plate para um mago tecido tem muita diferença, mas dependendo da mudança que escolher, muita coisa pode ainda ser aproveitada. Se você era um mago Frost mas cansou de ser apenas suporte e quer mesmo é dar um dano cabuloso, pode mudar para Mago Fire, neste caso muita coisa do seu mago frost será aproveitada e você chegará muito mais rápido a ser um bom mago fire do que o tempo que levou quando era Frost. É mais ou menos como na faculdade, se você cursou Direito e mudar para Biologia, talvez não consiga aproveitar nenhuma cadeira e tem de fazer tudo do zero, mas se mudou de Direito para Administração, poderá aproveitar parte das cadeiras que são comuns a estas duas áreas e não precisará fazer todo o tempo que precisaria para se formar. Ficou mais claro?

Partindo deste ponto podemos dizer que você pode ser o que quiser com a roupa que você quiser, mas naturalmente algumas opções não vão funcionar bem. Se você quiser ser tank e usar tecido ou couro, será um tank pouco efetivo. Ainda assim os jogadores experientes já perceberam que uma combinação de partes dos sets com diferentes composições pode ser de grande benefício, criando classes diferenciadas e específicas para determinadas situações. Em muitos casos estes jogadores optam por levar uma parte do set na bag para usar apenas em determinada situação, como por exemplo um mago que usa couro para ter uma maior defesa, mas leva um set (ou parte dele) de tecido, que vai deixar sua defesa menor, mas aumentar seu dano. Alguns dos jogadores que estão atualmente no top tem usado combinações diferentes do tradicional, com Helmet Pesado (metal), Armor Médio (couro) e boots leve (tecido), uma combinação maluca mas que pode funcionar muito bem. Tudo pode, depende apenas de saber o que usar e quando usar.

Alguns poderão rebater dizendo, “Mas Silvio, quanto mais tempo o cara usa um determinado set, maior a maestria que ele vai alcançando e por conta disso vai ficando mais e mais forte, enquanto se ficar mudando, vai upar o set de maneira mais lenta”. Sim, isto é verdade, é uma questão de colocar na balança o que vale mais, ser multitarefa ou ser específico. O específico de um único set é voltado para quem já se achou no jogo, sabe o que quer ser, como quer ser e não deseja mudar nada, é típico de jogares com bastante experiência e que tem uma predileção bem definida, não gostam de fazer outra coisa senão aquilo que eles estão focados. Nestes casos, é bom ficar só com um set mesmo, mas para todos os demais, vale muito a pena ter a possibilidade de fazer algo diferente, de usar aquela skill maluca que você viu em outro jogador. Em Albion pode, basta querer e gastar um pouco de tempo para ter a habilidade de usa-la.

Cada parte do Set lhe dará habilidades específicas para construir sua classe

Além disto, para experimentar a maioria das propriedades de cada set é só você se habilitar a usar um Tier 4, o que é algo bastante rápido, basta fazer algumas expedições ou algumas DGs com os amigos e já está pronto para o Tier 4, o que te possibilita pegar um set 4.1 ou 4.2 que te deixará com poder de fogo de um T5 ou T6. Se não curtir, tudo bem, pode vender o set e seguir por outra linha, mas o desenvolvimento que obteve será sempre seu. Se em algum momento mudar de ideia, pode comprar novamente este set e seguir do Tier 4 (onde parou) e ir adiante.

Então podemos concluir que a coisa mais importante para construir o set que realmente é o melhor para você, não é perguntar para ninguém, mas conhecer exatamente o que faz cada parte do set e então fazer a sua escolha. Saber o que ganha com cada um deles, e avaliar as suas necessidades. Isso é mais fácil do que parece e a gente vai te ajudar a entender cada parte do conjunto com todas as suas variações, mas para não tornar este texto muito longo e cansativo, vamos fazer como nosso amigo Jack (o estripador e não o do Titanic), vamos dividir em partes: Na primeira vamos falar sobre todos os Helmets, depois um texto para cada tipo de Armor e por fim, mas não menos importante, vamos avaliar todas as botas do jogo.

Duas observações: mesmo que um ou outro equipamento em separado possa parecer um tanto fraco, eventualmente eles fazem a diferença é dentro do conjunto, então avalie no individual mas reveja no todo quando fizer a sua escolha. E a segunda observação é que não falaremos do set de coleta, pois não dá para usar boa parte das skills deste set em outras coisas, por exemplo, o set de skinning tem um veneno excelente contra os animais, mas não funciona contra outros mobs ou jogadores, então sets de coleta ficam para um outro momento, ok?

Então é só aguardar que logo mais a gente posta a primeira parte: “Helmet – Entrando de cabeça neste assunto”

Por enquanto era isso. Vazaaaaaaaaaaaaaaaaaaaando!

 

Autor: Silvio Teixeira

Compartilhar a publicação