A Melhor Arma do Jogo!

A Melhor Arma do Jogo!

Não passa um único dia sem que a gente receba diretamente, ou nos grupos onde atuamos, a pergunta fatídica: “- Qual é a melhor arma do jogo?”  A pergunta é frequentemente feita pelos novatos, com aquela ansiedade de conseguir maiores danos, de preferência o legendário “hit kill”, no entanto não foram poucas vezes em que jogadores com algum tempo de jogo também questionaram acerca da melhor arma, aquela que separaria os noobies dos veteranos e os colocariam em um novo patamar.

Geralmente tenho bastante paciência para abordar este assunto, afinal a pergunta tem sua razão de ser, e se existe uma arma melhor que as demais, que possa dar mais dano, quem não gostaria de empunha-la, não é verdade?

Isto pode ser sim importante, porém é importante salientar, como sempre fazemos, que este é um jogo bastante amplo, com muitas possibilidades e objetivos, e que os resultados serão diametralmente opostos para casos diferentes. Não a toa que quando esta questão aparece nos fóruns ou nos grupos de facebook, sempre tem aquele amante e possuidor da arma X, Y ou Z para dizer que a melhor é a dele, que com ela ele desafia qualquer um que quiser, mas quem dera fosse assim tão simples. Vamos ver algumas coisas que influenciam o dano que uma arma pode causar e talvez assim, em vez de trocar a sua, apenas passe a focar em melhora-la.

O Tier

O primeiro ponto, e mais simples deles, que farão uma arma ter um desempenho bastante diferente uma da outra é o Tier dela, e ainda que seja óbvio para a esmagadora maioria dos jogadores, cabe colocar aqui para os novatos, uma mesma arma, mas de tier diferente, terá um dano diferente. Quanto maior o tier, maior o dano. Até tier 3 temos poucas variações de armas dentro da mesma categoria, mas a partir do tier 4 você tem uma gama de opções maior. Seja qual for ela, se é tier 4 (e naturalmente 4 é 4, não é 4.1 ou algo assim) seu dano será menor que a tier 5, que será menor que a 6, e assim por diante.

Encantamento

A partir do tier 4 é possível encantar sua arma. O encantamento pode levar ela para 4.1, 4.2 ou 4.3. Encantar uma arma é basicamente “somar” estes dois valores. Então uma arma 4.1 (4+1) causa o mesmo dano que uma tier 5. Uma 4.2 causa o dano de uma 6, e assim por diante. Então se você já pode usar uma arma tier 4, você pode usar qualquer um dos encantamentos. É uma enorme vantagem estar “apenas” em tier 4 mas usar uma arma que causa um dano como se fosse uma tier 7 (no caso da 4.3), no entanto o preço dela fará você pensar duas vezes antes de achar isto tão bom assim. Resumindo, uma mesma arma, de um mesmo tier, causará dano diferente de acordo com o encantamento recebido, permitindo a ela ser superior a um tier acima dela, como por exemplo uma 4.3 que é superior a uma tier 5 simples.

Material da Roupa

O material de sua roupa pode resultar em mais ou menos dano dado pela sua arma. Armaduras de metal proporcionam muita defesa, mas baixo bônus de ataque. A armadura de couro é o meio termo, te da alguma defesa, e também algum ataque, permitindo que você não morra ao primeiro sussurro, porém também não dará tanto dano quando seu compadre ali do lado, que está com a mesma arma, mas usando roupa de tecido, ou melhor, estava, que agora ele já morreu, acontece…

 

Skills da Roupa

Sua armadura tem skills e algumas delas aumentam o dano de sua arma, outras quebram a defesa do inimigo, o que fará com que seu dano também seja elevado. E algumas armaduras não dão nenhum destes danos, logo, é possível que tenha a mesma arma, o mesmo tier, usando o mesmo material para a armadura, e mesmo assim, seu compadre detona geral, enquanto que você paga mico. Pode ser… Pode ter escolhido as skills erradas, ou talvez elas não sejam exatamente “erradas”, mas não como uma forma de aumentar o dano.

 

A Qualidade da Arma

Você já deve ter percebido que alguns itens tem uma qualidade melhor que outros,  o que muda nestes casos é o Item Power (e o peso também claro). Então se dois jogadores tem tudo igual em termos de tudo nessa vida de Albion, mas um está com uma arma item power básico e o outro com uma item power. Existe uma fórmula um tanto mais complexa para calcular, mas posso explicar de uma maneira resumida: quanto maior item power, mais dano. Veja no exemplo abaixo onde eu fiquei na ataque automático, aquele que dá menos dano, apenas para comparar, mas na imagem de cima eu estou com o arco normal, e na imagem de baixo com o de qualidade “Outstanding”. Veja que o item power de um é de 711 e o de outro é de 731. Em um meu ataque automático é de 39 e no outro é de 40 por hit. Pode parecer pouco mas lembre que é apenas o ataque automático, de um arco t4 comum (não encantado), e que usei apenas o Outstanding e não um de qualidade maior ainda. Então, quanto maior a qualidade, maior o Item Power e maior o dano também.

 

Nível de Maestria

Todas as armas a partir do tier 4 possuem um nível de maestria que vai aumentando a medida que você utiliza sua arma e que vão até o nível 100. É verdade que cada nível aumenta apenas 0,2%, mas quem chega a 100 terá uma arma igualzinha a sua e mesmo assim causará 20% a mais de dano (no caso da sua ainda estar no primeiro nível. Além disso, subir cada um destes 100 degraus não é algo muito rápido, então é comum que um cara estava bem com seu arco já causando uns 15% a mais de dano e decidiu mudar para double blade por exemplo. A mudança do tipo de arma não te permite carregar a sua evolução, você não perde ela, mas ela é exclusiva para um tipo de arma. Então dependendo do tempo que vem usando sua arma e consequentemente sua maestria, seu poder de dano será maior.
CORREÇÃO EM 28/08 – Conforme muito bem lembrou o amigo Alex Linhares, lá no grupo do facebook, o ganho é melhor ainda na maestria, pois ganhamos 0,2% para o “grupo de armas” como na imagem abaixo onde seria todos os tipos de Bow (arcos) e ganhamos 2% para a arma em específico, neste caso a LongBow (Arco Longo). Desta forma fica melhor e mais importante ainda seguir com a mesma arma, já que podemos chegar a 200% do dano quando chegamos lá no nível 100. Obrigado pela sua perfeita participação Alex!

CORREÇÃO EM 30/08 – Conforme discussão acerca do quanto o dano sobe, vamos deixar por hora que não está confirmado “QUANTO” exatamente o dano sobe chegando ao máximo de maestria, mas apenas vamos ficar no “sim, ele sobe” e isto já é o suficiente para o ponto de vista que tento explicar aqui. O quanto é algo ainda a verificar no detalhe… 🙂

 

 

Espinafre do Popeye

Se você ver alguém dando um dano maior do que você esperava, talvez seja simplesmente porque o jogador tomou uma dose de de anabolizantes comestíveis, neste caso alguma comida da família Stew, sendo a Beef Stew (T8) a mais poderosa. Veja no exemplo da imagem comparado a mesma situação, mesmo momento, apenas usei a comida t4 (como era apenas para dar exemplo não gastei a t8 para fazer a imagem kkk) e sem a comida o dano automático (aquele que é o mais baixo de todos) ficou neste caso em 33 por hit, e com a comida, passou para 35. Se for uma comida mais poderosa e você atirar com seu hit mais forte, essa diferença vai começar a se tornar interessante. Além disso é uma questão de combinar todas estas coisas que vai acabar tornando o resultado muito diferente se compararmos duas armas “teoricamente” iguais mas uma delas fez proveito de todas as possibilidades do jogo, enquanto que o outro caso era apenas a arma mais básica.

A “Comp”

O dano que você pode causar sozinho é uma coisa, no entanto quando você trabalha em grupo o dano é algo bem diferente afinal nestes casos, o dano total do grupo é que vai ser o mais importante, por isto a composição do grupo é importante. Imagine ter dois tankes que tenham muita defesa, eles não vão morrer em alguns casos, mas não vão matar também, pois vai faltar dano, mas o contrário também é verdade, pois se tivermos dois magos de fogo, usando tecido e dando muito dano, mas vão morrer no primeiro assopro do mob, logo não vão causar dano por muito tempo. Comps bem montadas tem players que se complementam e assim podem maximizar o dano que causam, e minimizar o que tomam.

 

Como podemos perceber, nem só de dano vive uma arma, e ter uma considerada boa, é algo bastante individual. Acima de tudo isto, minha experiência em jogos MMO, onde você vai passar meses, talvez anos jogando, é que não adianta nada ser boa se você não curte, você vai acabar achando chato e não vai se sentir realizado dentro do jogo. Opte sempre por uma que você ache divertido, interessante e mais adequada aos seus objetivos pessoais, aquela que você tenha vontade de manter, de descobrir os detalhes, as rotações, ver vídeos de outras pessoas que estão usando e superar os resultados, pois na verdade, e sem a menor sombra de dúvida, a melhor arma deste jogo ainda é, e sempre será a mesma: você!

Autor: Silvio Teixeira

Compartilhar a publicação